Faturas mais simples do cartão de crédito poderiam ajudar consumidor

Notícias

Usar o cartão de crédito faz parte da rotina de muitos brasileiros. Parcelar o pagamento de bens como roupas, móveis e eletrodomésticos é um hábito comum e bem assimilado pelos consumidores – mas na hora de efetuar o pagamento da fatura, o excesso de informações e a complexidade de conceitos como taxas e encargos podem dificultar o entendimento de alguns consumidores sobre os valores a serem pagos.

Para compreender melhor essa questão e identificar eventuais melhorias na comunicação no processo de pagamento dos cartões, a Minsait – uma empresa Indra – realizou, a pedido da Abecs (associação do setor de cartões), uma pesquisa junto a consumidores brasileiros de 25 a 45 anos em cinco regiões do Brasil, com base nos seguintes requisitos: pessoas que pagaram integralmente todas as faturas nos últimos 6 meses; que pagaram o mínimo ou nada em pelo menos três faturas; e que pagaram o mínimo ou nada em uma ou duas faturas.

A partir da análise das respostas dos grupos, o trabalho identificou que, em geral, os consumidores acham a disposição das informações da fatura do cartão confusa e têm dificuldade para entender termos financeiros como juros expressos em porcentagem – preferindo ver valores absolutos, pois dessa forma conseguem ter uma noção real das quantias a serem pagas. Em outras palavras, para o consumidor a fatura deveria ser mais simples e objetiva.

Com base nessas percepções, a consultoria elencou alguns pilares que facilitariam esse entendimento: transparência, simplicidade, organização e objetividade. “A pesquisa ajudou na compreensão de que algumas ações práticas podem impactar o consumidor de maneira positiva, como:
– o fato de apresentar a dívida em valores absolutos e não em percentual;
– mostrar informações de maneira estruturada por blocos, clareza nas alternativas de pagamento caso o valor total não possa ser pago; e
– informações organizadas a respeito do consumo por segmento”, afirma Oscar Pettezzoni, Diretor Executivo e Líder de Serviços Financeiros da Minsait no Brasil.

Mesmo de maneira complexa, é importante destacar que o cartão de crédito é o único produto de crédito que envia uma fatura detalhada mensalmente. Outras modalidades como cheque especial, consignado, financiamento de veículos não emitem esse tipo de informe e, portanto, não têm esse elo tão frequente de monitoramento por parte do consumidor.